Arquivo da tag: moda

Efeito borboleta: holograma!

Padrão

Meninas!
Depois do ” boom” dos neons, a nova mania que vos espera é o efeito “holográfico”! Sabe aquela cor que muda quando movimentamos? Aquela que muita gente chama de ” furta-cor” ? Sim…acredito que muita gente a chama assim ,porque ela realmente ” furta” a cor de tudo que está próximo dela…ou seja : essa corzinha que é uma verdadeira ” ladra” , vai com QUASE TUDO! Porque afinal, ela ” puxa” pra si os tons mais próximos, fazendo assim com que tudo mais ou menos ” orne” entre si! Não é o máximo?
O alerta pra essa tendência começou a aparecer nos desfiles como vimos em Londres na passarela de Jonathan Saunders e Antônio Berardi. E agora já contagiou ” celebs” como Kate Moss com sua Clucth e as ruas ( street Style) .
Acho que super vale o investimento , pelo menos em algum acessório ou até um esmalte na unhas, se você não tiver ainda tanta coragem e ousadia.
Mas podem apostar : o efeito metálico de agora , brinca com as cores e a luz, como asas de borboleta ! Inspirem-se!

20121123-101737.jpg

20121123-101750.jpg

20121123-101804.jpg

20121123-101829.jpg

20121123-101844.jpg

20121123-101855.jpg

20121123-101903.jpg

20121123-101926.jpg
E aí? Vamos brilhar ?
Bjokas!

Mira : a inspiração da semana!

Padrão

Oi, girls!
Quanto tempo, né?sorry…fiquei de novo sem internet e toda atribulada!
Mas vamos ao que interessa : hoje vim aqui falar de uma queridinha inspiradora da moda , queridinha mesmo , no diminutivo, porque ela é bem ” mignonzinha” , mas arrasa do alto dos seus 1,55 cm de altura! Sim ,ela é a Miroslava Duma , chamada carinhosamente de MIRA, essa baixinha russa e bem ” nascida” é danadinha : já foi editora de moda da Harper’S Bazar, e agora trabalha com “free lancer” como jornalista de moda em diversos editorias e revistas!
Ela tem um estilo bem peculiar, porém cheio de bossa, e nada previsível ! Ela sabe usar a moda ao seu favor , e sabe tudo o que lhe cai bem ( meninas ” mignons” , espelhem-se! ). Essa sabe TUDO de ousadia na moda, e sempre atrai olhares e fotos de street Style, porque ESTILO, ela tem de sobra!
Dêem só uma olhada, e vejam se concordam que ela pode “desbancar” Alexa Chung! 😉

20121016-234452.jpg

20121016-234500.jpg

20121016-234507.jpg

20121016-234524.jpg

20121016-234518.jpg

20121016-234534.jpg

20121016-234606.jpg

20121016-234559.jpg

20121016-234552.jpg

20121016-234628.jpg

20121016-234545.jpg

Inventando moda!

Padrão
Sim..Sabemos que as ” invencionisses” surgem de um “inconsciente coletivo” tudo ao mesmo “tempo-agora” e blá ,blá ,blá… Mas é por isso mesmo, que quem dita a moda é o street style, não adianta!!
E vamos reparar que temos visto muito uma “mania ” que veio para ficar como mostra a moda 😉
Observem como ficou “estiloso” deixar uma “parte” da camisa (que não sai de moda) para fora e outra parte para dentro. Porque não canso de dizer aqui, até nas peças mais clássicas, nós precisamos “reinventar” a moda ,ou seja, apenas dar uma “mudadinha” na cara da boa e velha camisa branca, por exemplo.
Espiem só… e veja se essa moda pega por aqui, porque lá “gringa” já pegou…
Bjo a todas!!!

 

 

Saias mídi – “Ser” ou não “Ser”??

Padrão

Ok..Ok…A saia mídi ( aquela onde o comprimento é e-xa-ta-men-te no meio das canelas..) , não é das peças mais “democráticas” do nosso vestuário…Ela tem sim a incrível capacidade de achatar a nossa sihueta num piscar de olhos. Mas se ,como eu, não dispensa uma “fashion  trendy” e ainda por cima adora, e ainda faz questão de usar a qualquer custo uma dessas saias que caíram nos gosto das “celebs” e virou a queridinha da temporada;  veja que com alguns “truquezinhos” de ilusão de óptica é possível usar uma dessas sem medo ,basta ter bom senso.

Começamos deixando p/ as mulheres  mais altas, as saias estampadas, com texturas, plissadas e cintura baixa ou no lugar. Quem é baixinha deve optar pela saia num só tom, a fim de não cortar a silhueta, lembre-se sempre : o “monocromático” alonga!! Vale lembrar que esse tipo de saia para as mais baixas EXIGE sempre o uso de salto alto, e se vc escolher um sapato no tom nude, que deixe o peito do pé livre por exemplo, você  alongará ainda mais a imagem…

E ainda se tiver frio e vc usar a saia com uma meia calça e sapato tudo na mesma cor, perfeito : Voltamos ao truque do monocromático”, certo? Por ser um comprimento de certa forma “muito comportado”, ele traz consigo um ar mais formal, e até de “senhora”…Por isso mesmo o ideal é fazer um contraponto com a parte de cima, e usar cores impactantes na blusa, estampados, e detalhes sexys ou esportivos , que chamem a atenção para colo, braços etc.. de modo a “modernizar” o look de imediato.

Você pode ainda acertar ainda mais na escolha, ( NO CASO DAS BAIXINHAS) , se vc usar um modelo de cintura levemente mais alta, lhe dando a impressão de pernas mais longas. É importante saber que quanto mais “centímetros” de perna à mostra vc tiver ,mais lhe favorecerá, portanto , mesmo sabendo que o comprimento da saia mídi fica no meio das canelas, se você usar uma pouco acima ,não vai estar fora de moda por isso, e ainda terá um conjunto mais “harmonioso”…;)

Agora como as it girls são muito “espertinhas” e sabem como ninguém usar os truquezinhos de “ilusão de optica” a seu favor, temos visto nas semanas internacionais de moda uma idéia bem interessante nas expectadoras dos desfiles, que é  para quem quer usar a saia mídi sem “se achatar”: A saia termina bem acima e algo com transparência como tules ou franjas “alongam”o comprimento da saia chegando até o meio das canelas!! Interessante não? E ainda por cima trazem leveza ao look e mais: acabam “ïnventando moda”…Achei o máximo!!

E aí, o que vocês acharam??

Roupa ideal para diferentes biótipos – Parte 2

Padrão

Corpo Oval

Geralmente as que tem corpo em formato oval, estão, pelo menos um pouco, acima do peso, e também estão entre as que possuem a circunferência da cintura na mesma linha dos ombros e /ou quadris, exatamente por terem a barriguinha saliente e poucas curvas, diferentemente do corpo tipo triangulo ,a saliência já se mostra desde o busto e costas ,elas também geralmente não possuem “cintura” marcada, portanto  deve –se evitar  roupas muito justas, e sim explorar as partes mais “finas” do corpo , como pulsos, pernas, tornozelos, colo, pescoço e até rosto! Deixar a pele e tudo que é mais harmonioso em evidência e  à mostra.

Abuse de casacos e cardigãs sempre abaixo da linha do quadril, de corte reto e de preferência abertos, calças também sempre de corte reto, com o cós no “lugar”, use decotes em “V” ou em  “U”, e tudo que realce essa região do colo , como colares, brincos , etc…

Fuja de blusas que mostrem a barriga, calça de cintura baixa, assim como as justas, as com pregas, ou mesmo aquelas que “afunilam” na perna e ressaltam ainda mais a região da cintura. Passe longe de decotes com babados, mangas bufantes e batas pois estas agregam muito volume  à região. Saia correndo de tecidos volumosos, ou de muita “textura”, ou ainda os que “marcam”  ou evidenciam demais as pequenas “imperfeiçoes” do nosso corpo…Tais como: Tafetá, cetim, viscolycra, tricô e crochê de tramas muito “abertas”, etc… Colares tipo gargantilhas (justas ao pescoço) e blusas de gola “ rolê “também não caem bem. Dê preferência para tecidos mais fluídos e cortes que não marcam.

Os conjuntos monocromáticos além de não cortarem a silhueta ajudam a afinar, procure disfarçar bumbuns salientes, usando blusas sempre abaixo da linha do quadril, e também criando detalhes “ verticais” como casacos abertos ou cores/estampadas que deem essa impressão.

E se você ainda tem pernas torneadas  : Explore-as!!!

 

Corpo Ampulheta

As “sortudas” de corpo em forma de ampulheta “carinhosamente” chamadas de corpo  “violão” sempre chamam muito atenção. Apesar de terem muita liberdade para diversos tipos de roupa, seu maior desafio é ficarem atentas ao montarem um look para não cair na “vulgaridade”.

Elas geralmente tem coxas grossas e bastante busto, se for esse o caso, deve –se evitar decotes com babados ou que agregam volume a região do colo, assim como devem evitar também calças estampadas que podem “aumentar” a região de coxas e quadris, podem e devem abusar da “risca de giz “ e listras verticais para darem uma alongada no visual.

Valorize sua cintura, mas fuja de saias muito curtas ou muito rodadas.

Como eu já disse: esse formato de corpo por ser bem privilegiado, não precisa de grandes correções e /ou camuflagens ,certo? São uma das quem tem mais liberdade e opções de looks, mas cuidado(!): evite roupas muito largas ou muito apertadas para não desequilibrar o que já é naturalmente belo e equilibrado…;)

Mulheres altas

 Apesar de também serem privilegiadas e geralmente apresentarem boa “postura’ e transmitirem elegância, as mulheres que são magras e muito altas, devem obedecer algumas regrinhas para não darem a impressão de mais altas ainda e parecerem desproporcionais. Por exemplo, evitem os looks monocromáticos e as listras verticais…Podem abusar de toda e qualquer estampa. Elas tem passe livre para shortinhos e mini-saias ( opa! Nunca curtas demais, no máximo 15 cm acima do joelho ,ok?), as rasteirinhas também são ótimas opções! Podem usar saltos ,mas sem exageros! Se você for muito alta ,opte por saltos médios que serão mais adequados.

 

As altas e magras tem um grande leque de opções, está liberado inclusive o uso de roupas largas ou justas, calças de corte masculino e pantalonas.  A dica também é abusar de acessórios bacanas como brincos e colares compridos, além de lenços e echarpes! Lembrando que são as unicas que podem usar sem medo as calças cropped, cigarrete e pescador!

Espero que aproveitem e “desfilem” lindas por aí, right?

Bjokas!

Roupa ideal para diferentes biótipos – Parte 1

Padrão

Oi pessoal!! Este blog tem o objetivo de abordar assuntos relacionados a Moda&Beleza!

Meu primeiro post é sobre a roupa ideal para diferentes biótipos… espero que as dicas sejam úteis para vocês!

Bom, cada corpo tem um biótipo diferente que se adequa melhor em determinado modelo de roupa. Através de alguns “truques” podemos valorizar ou ‘esconder’ imperfeições. Um visual agradável é facilmente percebido. Não precisamos usar muita maquiagem ou gastar fortunas em roupas para atingir o visual adequado, basta escolhermos a peça ideal para nosso tipo de corpo.

Mas antes de mais nada vale lembrar que : AS PEÇAS DEVEM TER O TAMANHO EXATO , ou seja, nada de comprar peças de número maiores com a ilusão de que “Vou emagrecer para caber nela logo ,logo!” ou número maiores só pela ilusão de achar que peças mais “folgadinhas” disfarçam gordurinhas. Calças devem estar com barra no comprimento correto, camisetas com a costura alinhada ao final do ombro e blusas de manga comprida precisam acabar bem no finalzinho do pulso.

Vamos a alguns tipos :

MULHER PÊRA OU TRIÂNGULO ( ombros mais estreitos que o quadril):

Opa!!Representa a maioria de nós brasileiras, então lá vai :

Sempre procure por peças escuras na parte inferior do corpo, e valorize a parte superior, abusando de blusas com estampas em cores claras, e mais: Este tipo de corpo tem passe livre para o uso de ombreiras, mangas bufantes, sobreposições de blusas e casacos. Tudo o que chame atenção para a região do colo também é bem vindo: alças finas, decotes tomara- que –caia, canoa, etc… As blusas sempre devem ter o comprimento finalizando na crista-íliaca ( + ou –  no ossinho da bacia) para evitar “encurtar” o tamanho das pernas. Blusas MUITO acinturadas aumentam o quadril.

 

Evitem calças do tipo “SKINNY”, bolsos na região dos quadris, ou laterias , como também  “bolso-faca’ com pregas, pois ampliam o tamanho dos quadris. As melhores opções em calças são de corte reto ou pantalonas por exemplo. 

NÃO use calças ou saias que “afunilem” , como saia lápis ou tulipa. Invista nas de corte reto e evasê. Os vestidos de corte império (aquele com um recorte abaixo do busto e que desce evasê até o final), são ótimos já que não marcam NADA!!

 

BAIXINHAS:

 Sapatos de saltos altos, abertos na frente, de bico fino, cor de pele ou tons de bege, são truques que alongam e já é um bom começo.

Opte por bolsas de alças sempre mais curtas.

As  baixinhas podem usar estampas, inclusive as maiores e mais “espaçadas” , mas com moderação pois elas tendem a engordar também.

Listras verticais criam a ilusão de alongar a silhueta e você consegue este efeito com colares compridos.

 

Cuidado com as mini-saias pois podem “cortar” a silhueta principalmente se a baixinha tiver coxas grossas. Calças de cintura alta também transmitem a sensação de alongar o corpo e invista nas calças e sapatos do mesmo tom que também evitam o corte das silhuetas, e mesmo usando calça capri (no tornozelo) tente usá-la  com um salto, mesmo que seja baixo.

 

CHEINHAS

 A dica para as meninas que estão acima do peso é: evite estampas, principalmente as grandonas e muito espaçadas. Evite as blusas muito justas para não “marcar”.

Listras verticais alongam, como já dito anteriormente.

Tecidos mais encorpados ,que não marcam as indesejáveis gordurinhas, também são bem vindos.

Geralmente as gordinhas que tem bastante busto podem abusar de decotes, deixando um pouco da região do colo à mostra, minimizando o problema.

O comprimento ideal para as saias é um pouco acima do joelho , de modelo evasê, que não evidencia quadris e deixa a parte mais “fina’ das pernas ( panturrilha) à mostra alongando a silhueta.

Quanto às calças : FUJAM de calças tipo “legging”, que por serem muito justas, acabam tornando o look extremamente deselegante. Todas as de boca sino e curtas , achatam a silhueta . Prefira as retas, com um bom corte, e de tecidos com um caimento legal. E não se esqueçam, sempre em cima do salto ,hein?

O velho truque da blusa aberta na frente (pode ser cardigã, blazer, casaqueto, jaqueta, etc..) também “criam” linhas verticais dando uma leve ‘alongada”.

Ah!!! E sempre: Cores escuras são capazes de diminuir medidas ( pelo menos na ilusão de ótica) ,ok??

É  isso aí , meninas!!

Espero que aproveitem as dicas!

Bjo